A alimentação pode ajudar na imunidade?

Muitos fatores externos podem ameaçar a imunidade e a saúde como um todo: má alimentação, estresse, privação de sono, má digestão e absorção de nutrientes, entre outros. Por isso, uma boa nutrição, além de um bom controle glicêmico, fortalece o sistema imunológico e auxilia na proteção de diversas doenças.

É importante destacar que não existe alimento milagroso e que um padrão alimentar saudável, em paralelo aos outros cuidados para um bom estilo de vida, contribui para a imunidade.

 

Saiba como a nutrição pode ajudar:

 

Vitamina C: protege contra infecções, estimulando a formação de anticorpos. Fontes: frutas cítricas (limão, laranja, abacaxi, acerola), goiaba, vegetais crus…

Vitamina A: auxilia na regulação do sistema imunológico e protege contra infecções. Fontes: alimentos alaranjados como cenoura, mamão; ovos, couve, espinafre, pimentão vermelho, damascos, ovos…

Zinco: essencial para diversos processos biológicos, especialmente para o bom funcionamento do sistema imunológico. Fontes: cereais integrais, feijões, castanhas, carnes em geral, aves, frutos do mar…

Vitaminas do Complexo B: participa da manutenção do sistema imunológico. Fontes: cereais integrais, lácteos, ovos e carnes em geral.

Selênio: possui ação antioxidante, auxiliando na proteção e fortalecimento da imunidade. Fontes: castanhas em geral, especialmente a castanha do Brasil.

Probióticos: encontrados em iogurtes e bebidas lácteas fermentadas, favorecem o equilíbrio da saúde intestinal, com efeito imunoestimulante, tal como as fibras prebióticas, encontradas no chuchu, chicória, biomassa de banana verde, alho, cebola, entre outros.

Hidratação: a desidratação muda a fluidez do sangue e, consequentemente, interfere no transporte de nutrientes e oxigênio para as atividades celulares. Por isso, beba água e mantenha-se sempre bem hidratado.

A alimentação pode ajudar na imunidade?