Dicas simples de cozinha

Ter diabetes não significa que você não pode mais desfrutar das gostosuras da vida. Conhecendo os princípios básicos da nutrição e estando bem orientada, o paciente com diabetes pode continuar comendo seus pratos favoritos. Confira abaixo dicas simples de cozinha:

Selecionar e reduzir a gordura

Os pacientes com diabetes devem controlar as gorduras saturadas porque aumentam o colesterol LDL (mau) e reduzem o colesterol HDL (bom). É preciso evitar as chamadas “gorduras hidrogenadas”. Devemos dar preferência aos azeites de oliva, óleo de canola, óleo de semente de uva, etc.
No caso dos produtos lácteos, deve-se optar por aqueles sem gordura ou desnatado.
Escolha carboidratos que contribuam com energia e fibra. Alimentos integrais são ricos em fibras e retardam a ação dos carboidratos.

O açúcar refinado é absorvido pelo corpo muito rapidamente. Hoje existem no mercado diferentes tipos de adoçantes que podem ser utilizados nas preparações em substituição ao açúcar.

Especiarias e temperos naturais dão um toque especial e diferenciado às preparações e muitas vezes auxiliam na redução da quantidade de sal ou açúcar pois trazem sabores especiais. Tente utilizar salsinha, cebolinha, orégano, manjericão, canela, noz moscada, mostarda e veja quais lhe agradam mais.

Ótimas opções para fazer parte de seu cardápio são verduras frescas como: brócolis, espinafre, couve frisada, pimentão, tomates, aipo, cenouras, pepinos que podem ser consumidas cruas ou cozidas.

As frutas são ricas em vitaminas e fibras e devem fazer parte de seu cardápio: maçãs, peras, laranjas, cerejas, frutas vermelhas como framboesas, morangos. Para não perder nenhuma das fibras do alimento o ideal é consumir as frutas in natura.

Frutos secos como amêndoas, castanhas, nozes trazem nutrientes e energia ao corpo.

Dicas simples de cozinha