fbpx

Dieta para mulheres com diabetes gestacional.

Diabetes gestacional é a condição de hiperglicemia (aumento dos níveis de açúcar no sangue) durante a gravidez. É mais comum acontecer entre a 24ª e a 28ª semanas de gravidez. A hiperglicemia durante a gravidez pode afetar negativamente tanto a mãe quanto o feto.

Entretanto, não é preciso entrar em pânico. Um tratamento com dietas saudáveis, exercícios e insulina é eficaz em 80 a 90% dos casos.

Faça planos para as refeições

As mães devem ter uma dieta controlada em carboidratos pois eles aumentam o nível de açúcar no sangue. Para garantir a energia necessária para a mãe e o crescimento saudável do bebê, é necessário dividir o consumo em 5 a 6 pequenas refeições por dia com 3 refeições principais e 2 a 3 pequenas. Além disso, estabelecer horários para as refeições ajuda a manter a glicemia em ordem.

Existem dois tipos de carboidratos. Os monossacarídeos são encontrados em alimentos como pão, bolos, arroz branco, arroz doce, bebidas doces, doces que são absorvidos muito rapidamente no sangue, aumentando a glicose, por isso devem ser limitados pela futura mamãe. O outro tipo são os polissacarídeos que são absorvidos mais lentamente e controlam melhor o nível glicêmico, então esses alimentos devem ser ingeridos com maior frequência, sendo eles grãos integrais, frutas, verduras de folhas verdes.

Uma dieta saudável é uma dieta que fornece nutrientes suficientes de forma equilibrada.

Calcule os carboidratos em cada refeição.

A melhor maneira de saber a quantidade de carboidratos que é ingerida é contar os carboidratos por meio dos rótulos de alimentos. Atualmente, empresas de alimentos são obrigadas a trazer estas informações nutricionais na embalagem dos alimentos.

É importante observar a tamanho da porção:

É a quantidade determinada para uma porção com uma certa quantidade de calorias. Toda a informação nutricional indicada no rótulo é para 1 porção. Fique atento ao que está descrito no rótulo e também ao peso total do produto para não cometer excessos. Some os carboidratos para cada porção consumida, incluindo todos os itens da refeição.

Uma dica importante é: não é porque um alimento ou preparação não tem açúcar em sua fórmula, que ele não tenha carboidratos. E mais… Existem alimentos em versão sem açúcar que tem uma quantidade muito superior de gordura se comparado à versão tradicional. Cuidado!!! Calorias podem elevar seu peso corporal.

O consumo diário de alimentos é individualizado e deve ser acordado com a equipe de saúde que a acompanha.

2019-05-07T09:14:10+00:00março 12th, 2019|Conhecimento Geral|