Quatro grupos de exercícios para a diabetes tipo 2

Uma nutrição adequada e bons hábitos de exercício ajudarão às pessoas com diabetes mellitus tipo 2 a controlar sua glicose no sangue e viver felizes com a doença. Segundo recomendações da Associação Americana de Diabetes (ADA), 30 a 60 minutos de exercício por dia, de quatro a cinco dias à semana, podem manter o corpo em equilíbrio, mantendo o nível de glicose no sangre dentro dos limites aceitáveis e prevenir algumas complicações. A combinação dos seguintes quatro grupos de exercícios para os pacientes com diabetes tipo 2 pode trazer muitos benefícios:

Quatro grupos de exercícios para a diabetes tipo 2

O treinamento de força

O treinamento de força (também conhecido como cardio ou aeróbico) melhora o rendimento cardiovascular e fortalece o corpo mantendo-o em equilíbrio. Isto não significa que tenha que trabalhar duro para conseguir resultados ótimos. Para os diabéticos tipo 2, o médico recomenda sozinho uma intensidade moderada com atividades simples como correr, andar em bicicleta, nadar, dançar… Também, os exercícios ativos para melhorar a resistência e desfrutar da vida com diabetes para as pessoas maiores incluem passear no parque com sua família e participar das atividades comunitárias.

Musculação

Contrariamente à ideia errônea de que a musculação não é boa para a saúde das pessoas com diabetes, estes exercícios são muito efetivos para controlar a glicose no sangue. Esta é também uma adição necessária para o grupo anterior. Pode-se ir à academia ou comprar equipamento (principalmente pesos) para praticar em casa. Muitos estudos científicos demonstraram que fazer este exercício pelo menos duas vezes por semana, embora não desenvolva seus músculos, ajudará a estimular o metabolismo e fortalecer os grupos musculares. Esta é a premissa para ajudar a viver com diabetes. Entretanto os principiantes consultar profissional de educação física para obter assessoramento e orientação específicos.

Os exercícios isométricos

São exercícios nos quais submetemos o músculo a tensão mas sem realizar movimento. Dois tipos típicos deste grupo são a flexão (que consiste em apoiar-se sobre os antebraços no chão e manter-se imobilizado como um tronco de madeira durante um tempo determinado) e apertar os músculos do braço com um dispositivo de suporte. A vantagem destes exercícios é que são muito simples e rápidos. Demora só 15-20 minutos em casa para conseguir muito bons resultados. A simplicidade destes exercícios também os converte em uma opção adequada para os idosos. Em particular, as mulheres grávidas devem tomar cuidado com estes exercícios, porque manter a postura durante muito tempo fará que as mulheres grávidas se sintam enjoadas.

Exercícios para relaxar

Atividades como ioga, meditação ou taichí também são bons exercícios para a diabetes tipo 2. O propósito principal destes exercícios é ajudar à pessoa a relaxar sua mente, encontrar o equilíbrio espiritual. Esta é a base para limitar o estresse e a depressão na vida moderna – fatores de risco que conduzem à diabetes e a pressão arterial alta. Frequentemente, os exercícios de relaxação espiritual são exercícios que requerem perseverança, um ambiente apropriado e uma variedade de técnicas complicadas. Portanto, antes de fazê-los em casa, deve começar com aulas monitoradas de ioga ou taichí ou procurar um especialista em meditação para obter orientação específica.

Quatro grupos de exercícios para a diabetes tipo 2