Sinais e sintomas2019-01-24T17:23:55+00:00

SINAIS E SINTOMAS

Fazer exames periódicos, visitar regularmente o médico e viver um estilo de vida saudável são fundamentais para o diagnóstico precoce e controle adequado do diabetes tipo 2 desde o início.

É comum, no caso do tipo 2, os sintomas se apresentarem de forma sutil, até que o diagnóstico é feito de forma tardia já com o desenvolvimento de algumas complicações graves.

VALORIZAR O RISCO

SINTOMAS DO DIABETES
line-sperator

Os sintomas do diabetes tipo 1 geralmente ocorrem repentinamente, afetando negativamente a saúde e exigindo uma atitude imediata. No caso do diabetes tipo 2, a doença pode progredir silenciosamente, se manifestando somente quando a enfermidade já se agravou.

Em ambos os casos, deve se visitar um médico para que uma avaliação mais precisa e início do tratamento assim que aparecerem sintomas como:

  • Urinar frequentemente
  • Muita sede
  • Muita fome
  • Perda de peso incomum, mesmo comendo muito
  • Cansaço
  • Vertigem, enjoo
  • Dificuldade na cicatrização de feridas
  • Sensação de dor nas extremidades

O diabetes gestacional é um caso muito especial. Pode não apresentar nenhum sintoma, porém em casos de glicemia alta é possível aparecerem alguns sinais. Porém na maioria dos casos, seu diagnóstico acontece nos exames de pré-natal.

A CETOACIDOSE DIABÉTICA
line-sperator

É um quadro de acidose grave que frequentemente se desenvolve durante um período prolongado de glicemia elevada (hiperglicemia) associado a uma deficiência profunda de insulina. Quando não tem insulina o corpo utiliza outras fontes de energia que não o açúcar para obter energia como a quebra das gorduras (lipólise). A lipólise favorece o aparecimento dos corpos cetônicos que acidificam o sangue levando a cetoacidose. A cetoacidose pode ser a primeira manifestação do diabetes tipo 1.

Quase 25% das pessoas com diabetes tipo 1 apresentam quadros de cetoacidose, que necessitam de intervenção médica imediata.