PREVENÇÃO E TRATAMENTOS2019-01-24T17:31:30+00:00

PREVENÇÃO E TRATAMENTOS

Na medicina moderna ainda não se encontrou nenhuma forma para prevenir a diabetes tipo 1 (que representa 10% dos casos). Entretanto, na grande maioria dos casos, pode-se controlar o diabetes e continuar desfrutando da vida.

COMO EVITAR O DIABETES TIPO 2
line-sperator

Conforme recomendado pela Associação Americana de Diabetes (ADA), praticar hábitos saudáveis é a chave de ouro na prevenção do diabetes tipo 2 e das doenças cardiovasculares em geral. Estes métodos são simples, econômicos, indolores e todos podem fazer.

Mesmo que você pertença a um grupo de risco de desenvolvimento de diabetes nunca é muito tarde para praticar um estilo de vida saudável.
Que tal seguir as dicas abaixo?

3 PASSOS DE TRATAMENTO
line-sperator

As estatísticas mostram que as pessoas que desconhecem ter diabetes tipo 2 estão mais propensas a sofrer complicações em um prazo de 10 anos, enquanto que aquelas que recebem o tratamento adequado podem seguir vivendo felizes com diabetes durante décadas.

O objetivo principal do tratamento do diabetes é manter os níveis de glicemia (glicose no sangue estáveis) dentro dos níveis esperados.

Níveis esperados para quem tem diabetes * (*IDF) :

  • Jejum: < 115 mg/dL
  • Pós Prandial (2 horas pós refeição): < 160 mg/dL

Vale a pena lembrar que as metas de glicemia deverão ser sempre definidas de forma individual pelo seu médico.

Atualmente, injetar insulina é a única forma de controlar o diabetes tipo 1. Já no caso do diabetes tipo 2, três passos podem compor o tratamento:

PERDER PESO

Perder peso, equilibrar o corpo é uma das principais prioridades no tratamento do diabetes.

Dependendo da condição de cada pessoa, será prescrito pelo médico endocrinologista um processo individualizado de perda de peso. Perder peso adotando uma dieta adequada e melhorando o condicionamento com a prática de exercícios pode auxiliar muito no controle da glicose no sangue de forma mais efetiva.

MEDICAMENTO

Existem casos em que a perda de peso, por si só, não é capaz de manter a glicemia nos níveis desejáveis. Nestes casos, o médico pode prescrever o uso de certos medicamentos, em sua maioria orais. Entretanto, esta terapia está contraindicada em grávidas ou lactantes.

Atualmente, existem muitos medicamentos para tratar o diabetes.

Vale lembrar que sempre que for iniciar o uso de um novo medicamento é preciso informar a seu médico eventuais antecedentes de alergias ou efeitos secundários a algum remédio.

INJETAR INSULINA

Atualmente o uso de insulina vem sendo recomendado com frequência no tratamento do diabetes tipo 2. Isto não quer dizer que “seu diabetes piorou”, ao contrário, a prescrição de insulina é feita buscando um melhor controle e consequentemente uma melhor qualidade de vida.

Porém mesmo em uso de insulina, se a pessoa aderir a hábitos de vida saudáveis, o resultado será ainda mais efetivo. Além da prescrição médica da insulina, educadores em diabetes podem ajudar no processo com informações sobre aplicação, rodízio, armazenamento e outras.